309: Como meu aluno Joel Cherrico faz 6 figuras vendendo cerâmica online

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Hoje estou muito feliz por ter Joel Cherrico no programa. Joel não era apenas um aluno do meu curso Criar uma loja on-line rentável, mas ele também poderia ter sido o aluno número 1.

Joel é um oleiro e ele cria cerâmicas incríveis das quais tenho várias peças na minha sala de estar. Como você sabe, vender arte é provavelmente um dos produtos mais difíceis de vender on-line, pois é necessário criar um número a seguir para obter preços premium.

Neste episódio, investigamos profundamente sua história para descobrir como ele transformou sua arte em um negócio próspero.

Postscript.io – Postscript.io é a plataforma de marketing por SMS que eu pessoalmente uso na minha loja de comércio eletrônico. O Postscript é especializado em comércio eletrônico e é de longe a plataforma de marketing de mensagens de texto mais simples e fácil que já usei e tem preços razoáveis. Clique aqui e experimente o Postscript GRATUITAMENTE.
Postscript.io

Klaviyo.com – Klaviyo é a plataforma de marketing por email que eu pessoalmente uso na minha loja de comércio eletrônico. Criado especificamente para o comércio eletrônico, é o melhor provedor de marketing por e-mail que eu já usei até hoje. Clique aqui e experimente o Klaviyo GRATUITAMENTE.
Klaviyo

EmergeCounsel.com – EmergeCounsel é o serviço que eu uso para marcas registradas e para obter conselhos sobre qualquer questão relacionada à proteção da propriedade intelectual. Clique aqui e obtenha $ 100 OFF mencionando o podcast My Wife Quit Her Job.
Emerge Counsel

Steve: Você está ouvindo o Podcast My Wife Quit Her Job, o local em que convoco proprietários bem-sucedidos de empresas de inicialização e me aprofundo profundamente nas estratégias que eles usam para expandir seus negócios. Hoje, hoje, tenho um convidado muito especial no programa Joel Cherrico. Agora, Joel é um dos primeiros alunos a criar um curso rentável de loja on-line e, após muitos anos de trabalho consistente, ele criou um sólido negócio de seis dígitos que vende sua própria mão, lançada na CherricoPottery.com. Aqui está como ele fez isso.

Mas antes de começarmos, quero agradecer ao PostScript por patrocinar este episódio. Agora, se você administra um negócio de comércio eletrônico de qualquer tipo, sabe como é importante possuir sua lista de contatos de clientes. E é por isso que estou concentrando uma quantidade significativa de meus esforços no marketing por SMS. Acredito sinceramente que o marketing por SMS ou mensagem de texto será um grande canal para a minha loja daqui para frente e escolhi o PostScript.io como meu provedor de texto. Agora, por que PostScript? é porque eles são especializados em lojas de comércio eletrônico e o comércio eletrônico é seu foco principal e não é apenas fácil de usar, mas você pode segmentar rapidamente seu público-alvo com base nos dados de vendas exatos e implementar fluxos automatizados como um carrinho abandonado ao pressionar um botão. Além disso, é um preço acessível e você paga apenas pelas mensagens que realmente envia. Então vá para PostScript.io/Steve e experimente-o gratuitamente. Isso é postscript.io/Steve.

Também quero agradecer a Klaviyo por patrocinar este episódio. Agora, é seguro dizer que a maioria de nós tem feito mais compras on-line recentemente. E se você é uma marca de comércio eletrônico, isso significa que você pode estar vendo mais clientes iniciantes, mas depois que eles fizeram a primeira compra, como os faz voltar? Bem, é para isso que serve o Klaviyo. Klaviyo é a melhor plataforma de marketing por e-mail e SMS para marcas de comércio eletrônico. Ele fornece as ferramentas para criar sua lista de contatos. Envie e-mails memoráveis ​​automatizem mensagens-chave e muito mais e é por isso que mais de 30.000 marcas de comércio eletrônico como Chubbies Brooklyn e Livingproof usam Klaviyo para criar seguidores leais. Fortes relações com os clientes significam mais vendas boca a boca entusiasmadas com vendas repetidas e menos dependendo de anúncios de terceiros. Portanto, esteja você lançando um novo negócio ou levando sua marca ao próximo nível, o Klaviyo pode ajudá-lo a crescer mais rápido e é gratuito para começar. Visite Klaviyo.com/mywife para criar uma conta gratuita. Esse é Klaviyo.com/mywife. Agora vamos ao show.

Introdução: Bem-vindo ao Podcast My Wife Quit Her Job. Ensinaremos como criar um negócio que se adapte ao seu estilo de vida. Assim, você pode passar mais tempo com sua família e se concentrar em fazer as coisas que ama. Aqui está o seu anfitrião Steve Chou.

Steve: Bem-vindo à minha esposa demitiu seu emprego hoje, estou muito feliz por ter Joel Cherrico no programa. Agora, Joel não apenas era um aluno do meu curso de criação de loja on-line lucrativo, mas acredito que ele era na verdade o aluno número um ou dois em 2011. De fato, ele se inscreveu no pacote de US $ 99. O curso custa 1.700 dólares e esse pacote de US $ 99 não inclui vídeos nem horário comercial. Havia basicamente um nível sem suporte, mas não durou muito e, portanto, acabei atualizando-o logo após o pacote completo.

De qualquer forma, Joel é um Potter e ele faz sua própria cerâmica incrível, da qual eu tenho várias peças na minha própria sala de estar. E como todos sabem, vender arte é provavelmente um dos produtos mais difíceis de vender on-line, porque você deve criar as seguintes pessoas que compram seus produtos por sua causa e, ao longo dos anos, Joel criou um público incrível e se saiu muito bem. Hoje, vamos nos aprofundar nessa história e descobrir exatamente como ele fez isso e com essa boa vinda para mostrar Joel. Como vai, cara?

Joel: estou indo muito bem. Você sabe obrigado. Obrigado por me trazer Steve, porque nós voltamos. Então, eu realmente aprecio todo o seu entusiasmo ao longo dos anos e acho que, na verdade, paguei, pagaria um pouco mais pelo curso, mas sua esposa pediu um desconto para que você tivesse que agradecê-la por mim.

Steve: Sim, quando eu lancei, era apenas US $ 99 para o mais barato e US $ 299 para o mais caro.

Joel: Sim, acho que estou pronto para fazer cerâmica ou algo assim para você.

Steve: Eu acho que sim. Eu acho que foi isso porque na época você não tinha dinheiro, se bem me lembro.

Joel: sim. Ah, sim, por alguns anos. Eu era realmente fui autoinicializado. Eu estava vivendo basicamente como um artista não tão faminto, porque troquei muita cerâmica por comida, mas foi difícil por alguns anos, enquanto refinei meu ofício e mais importante quando se trata da internet descobrir corretamente como ser uma pessoa de negócios adequada on-line com arte. Esse é um desafio único, que levou alguns anos, mas está indo muito bem agora.

Stwvw: Então, como você começou com a cerâmica e o que fez você decidir começar como um negócio on-line?

Joel: bem, quando eu tinha 18 anos, por qualquer motivo, entrei na faculdade e estava no pré-médico e tive todos esses grandes sonhos de me tornar médico, mas há um problema. Eu estava obtendo notas terríveis em minha biologia, química. Eu estava recebendo D’s e F’s e também odiava. Está realmente lutando e eu tinha feito cerâmica no ensino médio. Fiz cerca de cem peças de cerâmica e ganhei um prêmio da minha turma do ensino médio de cerâmica. Então eu sabia que era muito bom nisso. Mas eu estava tipo, haha, como vou ganhar a vida fazendo isso, mas por qualquer motivo eu decidi que iria mudar para a Art.

Então, estudei arte por quatro anos e imediatamente. Eu decidi que queria descobrir como ganhar a vida como Potter. Eu sabia que algumas pessoas faziam isso e lá estava você, pessoas eram professores de faculdade, algumas pessoas vendiam cerâmica. Então passei quatro anos na faculdade tratando isso como um aprendizado de cerâmica muito intenso, trabalhando o máximo que pude. Apenas tentando sair de todas as minhas aulas e estar na roda de oleiro para refinar o ofício. No último ano, sabia que tinha que ganhar a vida de alguma maneira. Então, participei de algumas aulas de negócios e percebi rapidamente o potencial ilimitado da Internet, alcançando pessoas globalmente e tentando descobrir como embalar e enviar algo frágil, levou mais alguns anos, mas foram cerca de 15 anos tentando fazer a cerâmica completa- Tempo.

Cerca de 10 anos como um negócio real da LLC e finalmente começou a decolar há alguns anos, algumas coisas importantes aconteceram. E agora é um negócio próspero com alguns funcionários e queremos expandir para várias avenidas diferentes.

Steve: Isso é demais. E eu tenho que agradecer ao seu pai por nos apresentar. Como diabos ele me encontrou realmente foi aleatório?

Joel: Provavelmente foi no Google. Ele provavelmente só está preocupado com seu filho artista.

Steve: Sim

Joel: Você sabe, eu dou a ele um plano de negócios. Ou seja, eu não conheço 90 páginas e divago sobre todas essas maneiras de ganhar dinheiro e ele provavelmente estava apenas tentando. Ele provavelmente está tentando fazer o mesmo e tenho certeza de que ele encontrou seu Google pesquisando de alguma forma.

Steve: Sim, quero dizer que você tem pais legais para apoiar seus negócios, você sabe, eu tenho que entregá-los a eles, entregá-los a seus pais.

Joel: Sim. Minha mãe sempre foi grande na música, as pessoas sempre me perguntam se meus pais fizeram cerâmica e nunca fizeram. Quer dizer, minha mãe era enfermeira, mas adorava apoiar a tentativa de nos levar para as artes e a música, e quero muitos prêmios e trompetes desde o início que as pessoas realmente conhecem, mas eu tinha muita habilidade e é estranho que isso tenha sido transferido em uma forma de arte completamente diferente e meu pai era que ele trabalhou para a IBM é a vida inteira. Então, para eles apoiarem algo como Cerâmica, acho que eles sabiam disso, porque eu tinha tantos sucessos e prêmios que era algo real.

Não era algo que eu só queria fazer porque era apaixonado por isso. Havia um propósito real lá e que finalmente começou a levar alguns anos, houve alguns anos difíceis. Mas tem sido próspero a longo prazo.

Steve: Então, como você sabia que poderia realmente fazer um negócio com isso, onde há outros com um monte de Potters que você meio que admira que estamos vivendo disso em tempo integral?

Joel: você sabe, é raro, é raro, mas eu reuni algumas das melhores partes que eu não vi, Primeiro eram Potters, mas depois foram outros empreendedores quando comecei a ler livros de negócios na mesma época em que tirei sua claro e no ano ou dois depois disso, então foi um Potter que eu vi que ela tinha algumas canecas em seu site e elas custavam oitenta e dois dólares cada e eu lembro de pensar em uma caneca de café por US $ 82 que parece que eu sabia que podia faça muitas canecas de café. Como se eu pudesse criar muitas dessas coisas, e eu só queria preencher essa lacuna de descobrir como alguém se chama Ayumi Horry e ela ainda está

Steve: Isso parece familiar. Lembro-me de olhar para o site dela, sim

Joel: Eu provavelmente só estava obcecado por ela naquela época e estendi a mão para ela um pouco, e ela é uma profissional em nosso campo, mas eu vi aqueles que o pote dela vendia imediatamente quando ela enviava um email simples para sua lista de e-mails alguns anos depois, depois de ler muitos livros de negócios. Eu tentei me inspirar em Tim Ferriss, seu MBA no mundo real, e tentei me dar conhecimento suficiente de que seria como se eu tivesse cursado a faculdade de administração. Então, ele diz algo em um de seus livros que um ótimo marketing funciona da primeira vez e foi o que eu vi no trabalho de Ayumi.

Não apenas quero dizer que é marketing que você poderia chamar assim, mas se algo mais fosse uma maneira, seria a chave para algo que poderia ser um meio de subsistência.

Steve: Então, como você divulgou seu nome? Porque eu sei que você vende todas as vezes agora e estou na sua lista de e-mails. Sim, obrigado pela estratégia inicial apenas para aumentar a conscientização. Eu acho que pelo que você faz?

Joel: Bem, eu tentei muitas coisas diferentes e, honestamente, vendi principalmente localmente nos primeiros anos e precisei desse tempo para ver como as pessoas reagiam ao trabalho pessoalmente. Mais importante, eu jogava panelas na frente das pessoas. Eu demonstro meu ofício. Então, quando o Facebook live foi criado quando o Periscope foi criado e até o YouTube, você pode transmitir ao vivo que não existia em 2010. Então, quando essas tecnologias aconteceram, eu tinha as habilidades necessárias para traduzir isso na internet. Agora eu tenho um estúdio de cinema. É um espaço que dedicamos apenas basicamente a mim, realizando demonstrações de lançamento de cerâmica em vídeo.

Combine isso com o fato de que ele está ativo e que agora temos todos esses softwares de distribuição de listas de discussão das Ferramentas. Todas essas maneiras de alcançar as pessoas são nossa lista de e-mail agora são dezenas de milhares de pessoas, portanto, as ferramentas da Internet. Ontem mesmo, havia alguns milhares de pessoas no meu estúdio que nunca poderiam acontecer pessoalmente, mas graças a um vídeo simples. Pode haver centenas de pessoas no meu estúdio ao mesmo tempo e isso realmente se traduz em muito mais pessoas querendo comprar sua arte.

Steve: Então, acompanhe o processo aqui. Então, até aquelas tecnologias que você estava jogando meio que jogando localmente e talvez jogando ao vivo e conseguindo alguns negócios dessa maneira, mas depois que essas tecnologias ao vivo foram lançadas, você pode me orientar sobre como começou lá?

Joel: Sim, é bem simples. Acabei de abrir. Comprei um smartphone, baixei o Periscope e o coloquei em um tripé, cliquei ao vivo e literalmente comecei um fã de cada vez. Todos começamos com 0 seguidores. Quando a lista de discussão começou. Acho que quando eu estava no seu curso, eram trezentas ou quatrocentas pessoas e eu literalmente comecei devagar e com firmeza e explorei todas as ferramentas on-line disponíveis, todas as opções que uma das Maiores influências sobre as ferramentas que eu uso é um autor chamado Ryan Holiday. Você está familiarizado com Ryan

Steve: Sim, claro. Claro. Sim.

Joel: Então eu li todos os livros dele. Eu o conheci algumas vezes. Na verdade, ele possui poucas peças das minhas artes. Então ele tem um na mesa da cozinha, o que meio que me impressionou, porque é uma espécie de peça grande e, embora o primeiro livro que ele escreveu tenha começado. É uma leitura fácil e curta. É rápido e trata-se de começar de forma rápida e rápida e começar com uma lista de e-mail de 300 pessoas que você conhece, e aprendi que a melhor maneira de promover seu trabalho é geralmente oferecê-lo gratuitamente. Assim, por meio de brindes por meio de um boletim informativo gratuito por e-mail quando você está criando um tipo de caneca especialmente para café, o que eu faço são canecas de café. É simplesmente bonito e as pessoas realmente se conectam a ele.

LEIA  A construção de um fundo de emergência é mais importante que outras metas financeiras?

Quero dizer, é assim que me conecto com pessoas como Ryan e Tim Ferriss. Ele é dono de algumas peças. Não é porque eles compraram meu trabalho, é porque eu os enviei de graça. Há um imenso pedaço de mente no escritório de Neil deGrasse Tyson agora porque

Steve: Isso é demais.

Joel: Enviei coisas para ele de graça e isso se transformou em um relacionamento comercial.

Steve: Eu sei que você foi mencionado no podcast de Tim Ferriss. Foi depois que você deu a ele um deles?

Joel: Então eu basicamente, sim. Perguntei se poderia enviar a ele algumas coisas que a caneca cósmica foi inspirada em seu conceito Muse, combinando que ele tem um conceito chamado The Muse na semana de trabalho de quatro horas, seu primeiro livro. É isso que acontece com a caneca cósmica, então ele é o primeiro que apareceu e eu entrei em contato com seus assistentes inúmeras assistência ao longo dos anos e nunca decidimos realmente qualquer tipo de colaboração mas você sabe, ele acabou de entrevistar Neil deGrasse Tyson como um mês atrás. Então, é incrível que você comece a ver essas conexões e realmente apenas junte as peças do quebra-cabeça.

Steve: Onde você diria que era como o ponto de inflexão, como você está trabalhando, você está criando uma lista de inscritos, uma para cada vez. Qual foi o ponto de inflexão?

Joel: Sabe, é engraçado você dizer que, porque em 2015 eu li esse livro duas ou três vezes por Malcolm Gladwell Tipping Point. Eu estava obcecado por isso e consigo pensar algumas vezes em que a luz da cal chega a você e depois desaparece. Então, uma das principais foi quando eu decidi transformar a caneca cósmica em um Kickstarter, porque essa era a melhor ferramenta na época. Por colocar isso no mundo. Então, em um mês, esse tipo de caneca de café levantou I: tínhamos uma meta de US $ 25.000, e uma arrecadação de US $ 34.000; Então esse foi um bom sucesso e validou a ideia. Não era enorme, mas bastava dizer tudo bem. Há realmente algo aqui e alguns meses depois.

Steve: Como você divulgou o Kickstarter, porque você tem que vê-lo com seu próprio público

Joel: Totalmente. Totalmente foi um edifício. Passei cerca de um ano pesquisando o conceito Muse da semana de 4 horas e pesquisando os projetos do Kickstarter. Fiz outro curso na verdade. É pelo nome dele, Klay Abear, e ele estudou com Seth

Steve: Eu sei que Klay tem medo. Sim

Joel: Isso é demais.

Steve: Sim, nós estamos planejando juntos. Eu amo esse cara, sim.

Joel: Sim. Bem, então eu vou depois que eu estudei com você. Eu basicamente estudei com Klay específico para o Kickstarter e esse investimento valeu a pena obviamente. Então o kickstarter foi um sim, eu era um prédio lento, eu era o Klay, grande na construção da sua lista. Então, eu estava construindo a lista dando canecas Cósmicas gratuitas e deixando as pessoas se inscreverem de graça quando queriam o canto quando queriam que ele comprasse. Portanto, o kickstarter foi uma chance para eles ganharem um desconto, pois suas canecas de alta qualidade são caras e

Steve: Como você e mais continuaram a entregá-lo porque o frete é meio caro demais, certo?

Joel: Ah, sim. São argila, peças de cerâmica frágeis. Se você largá-lo, ele vai quebrar. Então, eu ainda estava nos mercados de agricultores. Eu ainda estava em exposições de arte. Que eu ainda estava vendendo um pouco de cerâmica on-line e instruindo meus clientes sobre por que você sabe como torná-la acessível para remessa e por que precisa ser um determinado preço para remessa. Eu ainda estava pensando nisso e acabei de fazer. Vi que tudo está investindo no negócio. É o melhor que você pode gastar US $ 100 em um anúncio do Facebook ou pode doar algumas canecas. E acho que o valor de dar a sua arte a sua arte, o que você faz se é bom, é sempre o seu melhor marketing.

Steve: Então, você teve aquele Kickstarter que foi bem-sucedido e que eu imagino construiu sua lista ainda mais e então quando o Guinness Book of World Records? Quando isso se encaixou?

Joel: Cerca de três meses depois disso? Então, eu peguei o dinheiro do Kickstarter. Basicamente … uso esse dinheiro para descobrir o próximo passo. Não foi o suficiente para realmente construir um estúdio de cerâmica, você sabe que 34 mil dólares soa muito dinheiro em um único mês, mas eu tive que criar maços e enviar mil peças de cerâmica.

Steve: Isso é loucura.

Joel: Sim, custa mais de 20 mil e acho que me pago. Então, eu ainda estava passando, mas decidi que você sabe o que, eu gosto. Eu era solteira, morava em um pequeno apartamento. Eu estava tipo, você sabe o que eu vou manter … Eu vou continuar explorando o que eu quero explorar, então eu estava praticando para o título do Guinness World Records por seu “Mais potes jogados em uma hora por um indivíduo” Jogar cerâmica significa torcer a cerâmica em uma roda, então eu decidi que iria praticar e passei um ano praticando, mas depois do Kickstarter que passei… Levei um mês inteiro e parecia que estava treinando para uma maratona de cinco ou seis horas um dia porque eu estava no meu chute. Há outro disco agora, é outra pessoa, mas eles fizeram isso em uma roda elétrica.

Steve: Isso é trapaça.

Joel: Sim, eu estava chutando o volante para fazê-lo, e o recordista anterior tocou cento e cinquenta em uma roda elétrica. Então, contratei alguns alunos para filmar a coisa toda, e o fiz no espaço público e Na primeira tentativa, fiz cento e cinquenta e nove. Então, eu venci em uma hora e você pode encontrar isso no YouTube. É muito legal de assistir.

Steve: Você provavelmente tem que estar em forma para fazer isso certo? Por uma hora como em forma física?

Joel: Foi torturante. Sim. Eu estava apenas pingando suor e é um pote a cada 24 segundos por uma hora seguida. Eu não tinha idéia se eu poderia fazê-lo, de modo que esse foi o primeiro tipo de peça que foi um ponto de inflexão. Você poderia dizer que foi uma boa publicidade o Guinness World Records realmente chegou à cidade onde me entrevistei depois disso, por isso teve um longo efeito de boa publicidade.

Steve: Então, gerou vendas como resultado disso ou?

Joel: Quero dizer, ainda está gerando.

Steve: Oh, tudo bem. OK

Joel: é difícil calcular que não é algo rastreável como um anúncio do Facebook. Mas, quero dizer, o fato de estarmos falando sobre isso no momento significa que foi um marco realmente importante para me mostrar o que é possível. Bem, com orçamento zero.

Steve: Ok. OK. E então você entrou no Guinness Book of World Records, que lhe enviou algum tráfego, acho que em algumas vendas isso foi suficiente para sustentar a vida naquele momento?

Joel: ainda não era, não. Não. Eu ainda estava aparecendo localmente. Eu provavelmente estava com até 30% ou 40% da minha cerâmica entrando no mundo através da Internet. As pessoas ainda estavam meio que certas. As ferramentas podem não estar prontas ou eu não. Mas basicamente quando eu comecei a gravar o vídeo e a abraçar o vídeo, especialmente o streaming ao vivo, o Facebook ao vivo, o Periscope quando o Guinness World Records chegou, fizemos um vídeo ao vivo no Facebook. Então passei uma hora com o Guinness World Records com eles, no microfone, e eu estava jogando Pottery falando sobre o disco e 300.000 pessoas assistiram

Steve: Oh trezentos mil. Uau

Joel: Sim, mais do que isso e então eu vídeos por conta própria e alguns deles foram assistidos por mais de um milhão de pessoas.

Steve: Uau. OK. É como o Facebook ao vivo ou o que é isso?

Joel: Era tudo no Facebook ao vivo, o Periscope não tinha um alcance tão alto por qualquer motivo que meus fãs quisessem frequentar no Facebook.

Steve: E então, desculpe, você tinha um milhão de pessoas vivendo?

Joel: Várias vezes. Eu tive alguns milhões quando transmito ao vivo sobre o que faço é transmitir ao vivo em outras páginas no Facebook que esse tipo de página hippie chamou de Consciência expandida e dois milhões de pessoas me observaram em uma noite jogando cerâmica e depois Eu faria sozinho minha página da CherricoPottery e 200.000 assistiriam.

Steve: Uau!

Joel: Eu acho que isso era algo que era novo, éramos obcecados com o novo, porque agora eu faço uma programação de vídeo programada em torno de 10 todos os meses e eles são assistidos por uma média de cinco a dez mil pessoas cada. sobe e desce.

Steve: Não, mas quero dizer que ainda é muito. Então, quando você faz isso na página de outra pessoa, imagine que você precise pedir permissão e tudo mais, certo?

Joel: Sim. Eu me conectei com essas páginas da mesma maneira. Inicialmente, entrei em contato com Neil deGrasse Tyson e Tim Ferriss. Acabei de enviar uma mensagem para eles, enviá-los por e-mail ou dizer: ei, você gostaria de um pedaço de cerâmica grátis ou, ao jogar essa cerâmica, servir seus fãs? Eu acho que você sabe que as pessoas parecem gostar, talvez gostem de ver e diriam apenas com certeza e eu transmitiria ao vivo por algumas horas. Eu tentaria ser profissional. Acabei criando um estúdio profissional de transmissão ao vivo, que é bem simples: é apenas uma roda de cerâmica com uma cortina ao fundo, a tecnologia espacial.

Steve: Certo. Direita. Então, quando você recebe todas essas pessoas, como alguns milhões de pessoas assistindo você ao vivo. Eu imagino que você apenas suas vendas vão Bonkers, certo?

Joel: Então a maior diferença entre todos os seus fãs que estão ouvindo e o que eu faço é que a maioria das empresas tem um produto escalável em quantidade. Eu sabia desde o primeiro dia que minhas mãos só podem fazer tantos potes e tenho certeza de que posso contratar um monte de oleiros, e ainda assim posso, mas não é por isso que as pessoas querem apoiar a arte. Não é por isso que eles fazem parte dessa jornada e seguem minha história. É porque eles querem se conectar com um artista e com algo que eu criei. Então o que eu fiz foi criar arte mais complexa. Eu fiz arte mais valiosa.

Fiz um offs que eram mais raros e depois um agrupamento de cem que são mais simples. Então, eu terei uma caneca de US $ 50 e uma caneca de US $ 500, e é assim que funciona até hoje.

Steve: Entendo, você já faz alguma dessas canecas menos caras ou

Joel: Ah, sim, mas eles não ficam em estoque. Portanto, o problema é que eles se esgotam especialmente porque é uma caneca com uma alça porque eu faço pratos, tigelas, todo tipo de coisa, mas há algo mágico em uma caneca e não posso mantê-las em estoque por 50, 60 ou US $ 70. Então são quinhentos dólares. Eu tenho muitas delas em estoque agora e então duzentos a trezentos dólares a menos e qualquer coisa abaixo de US $ 100 tende a vender rápido demais para eu mantê-la em estoque. E isso tem sido sustentável por enquanto. Quero oferecer coisas com preços mais baixos, mas tenho alguns desafios a resolver antes de podermos fazer isso.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Steve: Sim, mas se sua mão está fazendo tudo o que posso imaginar, esse preço vale a pena.

Joel: não é responsável por um artista ter preços realmente baixos e lutar para ganhar a vida.

Steve: Sim

Joel: Eu fiz aquele homem. Passei cinco anos fazendo isso depois da faculdade. Então, eu tentei e adorei enquanto fazia isso que o tempo acabou e, em algum momento, se você quiser ganhar a vida como artista, precisará aumentar a qualidade do seu trabalho e, em seguida, aumentar os preços e aproveitar críticas que virão com.

Steve: Isso significa que cada uma de suas peças é completamente única toda vez que você faz?

Joel: Sim. Sim. É impossível que eles sejam idênticos, o que faz parte da magia do barro.

Steve: se você vende uma Amazon ou administra algum negócio on-line, precisará de uma marca comercial para proteger sua propriedade intelectual. Não apenas isso, mas uma marca comercial é absolutamente necessária para registrar sua marca na Amazon. Agora, eu pensava que qualquer serviço antigo de registro de marca funcionaria e que poderia até tentar registrar minha própria marca sozinha, barato, mas eu estava completamente errado. Proteger uma marca comercial sem uma estratégia em prática geralmente resulta em uma rejeição direta ou em uma marca comercial inexequível sem valor. Agora, é por isso que trabalho com Stephen Wiegler e sua equipe do conselho da Emerge. Eles têm um serviço de pacote chamado TM total, que fornece a mesma atenção aos detalhes e processos que os grandes escritórios de advocacia fazem por uma fração do preço. Agora, pessoalmente, eu gosto do Emerge Council por causa de sua filosofia, seu objetivo é maximizar a proteção de IP e minimizar o preço. Portanto, antes de decidir registrar uma marca registrada por si próprio ou registrar uma outra proteção que eu possa oferecer, como direitos autorais ou patente, consulte primeiro o conselho da Emerge e obtenha uma consulta gratuita. Para obter mais informações, acesse emergecouncil.com, clique no botão de vendedores da Amazon e diga a Steve que Steve enviou para você receber um desconto de US $ 100 no pacote total da TM para vendedores da Amazon. Mais uma vez, esse é emergecounsel.com em emergecounsel.com. Agora de volta ao show.

Steve: Então, quando você quer fazer uma dessas vidas, eu imagino que até as peças mais caras se esgotem quando você tem tantas pessoas?

Joel: Então, isso estava acontecendo quando você escreveu quando o Guinness World Records aconteceu e eu estava recebendo milhões e milhões de visualizações. Isso é o que estava acontecendo. Então o que eu fiz foi que eu estava estressado no começo, mas aumentei todos os meus preços e depois o levantei novamente e depois o levantei novamente. Então, a caneca de US $ 25 foi para 45 e eu adicionei uma camada de esmalte. Então eu fui para 85, depois para cento e vinte e cinco para uma caneca de café e eu adicionei várias camadas de esmalte com cores mais brilhantes e tentei comunicar isso. complexidade. Portanto, aqueles que custam US $ 500 se levarem dez vezes mais tempo para fazer do que uma caneca de US $ 50. É por isso que eles valem o preço.

LEIA  Melhores empréstimos pessoais na Índia 2020

Steve: Vejo as pessoas vacilarem quando isso acontece quando você começa a aumentar os preços?

Joel: As pessoas ainda vão se encolher, duas coisas acontecem, as pessoas ficam realmente chateadas e se encolhem, e a caneca se esgota.

Steve: Sim, você diria que esses não são seus clientes-alvo em primeiro lugar? Então? Quero dizer, seus verdadeiros fãs estão dispostos a pagar o preço pela qualidade.

Joel: Sim, eu escrevi um artigo para o Conselho de Artesanato Americano chamado de busca por 1.000 verdadeiros fãs e foi inspirado neste artigo por Kevin Kelly. Foi um dos fundadores da Wired Magazine. Você já ouviu falar deste artigo antes?

Steve: Eu não li o artigo, mas quero dizer mil fãs verdadeiros. Isso é bem conhecido. Sim.

Joel: Sim, e a ideia é que você possa vender um produto por US $ 100 e eu conheço essas canecas de café por US $ 100 por caneca. Foi isso que foi inspirado em grande parte por mim, meu egoísta. Como faço para fazer isso? Como posso ganhar a vida? Então, estou meio que esquecendo sua pergunta. Eu não espero estar divagando aqui.

Steve: Não, não, não. É basicamente quando você aumenta seus preços que as pessoas se encolheram e então comecei a falar. Ei, esses não eram seus verdadeiros clientes ou seus verdadeiros fãs.

Joel: Ok, sim. Sim, sim, então eles que eu quero, preciso dar uma chance a eles porque algumas pessoas têm renda fixa. É quando as pessoas assistem a esses vídeos ao vivo no Facebook e recebo o feedback que parece o que o Sr. Rogers recebeu na televisão pública. Parece que Bob Ross e A alegria de pintar esses programas de televisão pública são nossa mídia social agora que as pessoas dizem que seus vídeos são terapêuticos. Eu tenho TEPT nisso, me ajudou em tantos momentos sombrios, você sabe, eu coloquei meu coração e alma nessas coisas por duas horas seguidas.

Estou jogando cerâmica. Então, se eles não puderem comprar uma caneca por mais de US $ 30, eu estou tentando encontrá-los onde eles estão, porque essa é a maioria das pessoas, então eu tento entender, tentar ver que a frustração está chegando porque eles querem ser verdadeiros fãs e a grande maioria das pessoas não pode pagar por isso, e por isso acrescentei muito mais maneiras para você saber, agora temos um modelo de assinatura por cinco dólares e nove dólares por mês e Também estou adicionando alguns produtos de baixa qualidade

Steve: interessante. O que você ganha com essa assinatura?

Joel: Acho que agora há mais de 400 pessoas no Patreon que estão nos apoiando a US $ 5 por mês, nove dólares por mês e US $ 24 por mês.

Steve: Você distribui conteúdo bônus para essas pessoas?

Joel: começou dessa maneira e evoluiu para basicamente uma opção de cerâmica. Assim, por US $ 24 por mês, eles recebem uma caneca de lua no valor de US $ 500. E também lhes envio uma caneca cósmica, uma xícara e um pacote de brochura educacional, e eles recebem conteúdo bônus. assim

Steve: isso soa muito.

Joel: Sim, é isso que os modelos de assinatura são difíceis. Direita? Então, sim, é necessário. Então você sabe.

Steve: então você está obviamente limitado pelo número de peças que pode fazer em um determinado mês e, portanto, essas assinaturas tem o que você está falando, não seria e acho que talvez o dinheiro não seja a principal motivação para tudo but wouldn’t it be more economical or useful for your time to just produce the higher end mugs and maybe a smaller quantity of the loan ones. It seems like you are at $25 a month and you’re giving away a $500 mug. It seems like a huge bargain. Direita?

Joel: Well, yeah, it takes them a year to get that so they have to stay committed. So there’s a lot of trust on them to every month

Steve: I see.

Joel: Until they get that mug stay subscribed.

Steve: Got it.

Joel: But also, you know one of the best feelings in the world is when you raise prices on your art and someone believes you and they buy it. One of the worst feelings of world in the world is when you raise prices and you hear crickets and nobody buys it and they’re supportive and so it’s not like it always works. I have I am I mean I have hundreds of thousands of dollars of retail value Potter three-foot jars. I have hundreds of pieces in storage, platters, wall platters jars that don’t sell so it’s important to meet your fans where they are and it’s also why like I said, I’m building a business relationship with Neil deGrasse Tyson because he lives in New York City.

He has his own TV show in National Geographic and New York City’s the art capital of the world. So right now, I’m he gave me some homework to find a gallery to come see the art that he has so we are exploring that high-end that high-end, Ultra high-end Ceramics, and but I’m also planning to travel to China to explore having some products made their.

Steve: let’s talk about that. How would that work? If people are buying these pots because of you then how would this whole Outsourcing to China? It just seems like it would be a huge negative.

Joel: Totally. Sim. I really I wanted I want to come on this podcast to get your opinion on that Steve because that was the credit. That was the overwhelming feedback. I got when I had some pieces designed and launched them to our fans it started off really negative, but Is a reason that porcelain Ceramics are called Fine China, the Chinese have been doing it for two thousand years and the specific type of pottery I make this black Pottery that’s inspired by outer space. The cosmic mugs. That is a Chinese glaze from about a thousand years ago the Song Dynasty.

So it might not be the best idea to have everything every product you’re doing made in China but something if I were to have these made in Italy made in Germany, The quality would be lower and that it’s the Chinese have they know porcelain. They’re, I think over 700 porcelain factories in China and I’m doing it because I believe that the quality will be highest and that we can figure out how to keep the price low the quality high and have deep respect for Humanity and the environment.

Steve: So for these ones that you are getting from China, do you put your own personal spin on it somehow?

Joel: Well, I’m acting as a designer. So I’m learning I’ve been doing this for less than a year. Next week 400 mugs are coming, so we’ve ordered multiple batches and they’ve all sold out at about 36 dollars each

Steve: Nice.

Joel: Every one. So I’m slowly scaling up. And yeah, it’s a glaze that it’s a shape based on my mug, but it feels it feels remarkably different. You said earlier that you know, everyone is unique because my hand touches it. These ones are all the same the shape is all identical because they’re made with molds. They’re made with porcelain poured into molds their factory made but it’s funny because who works in factories.

I mean, it’s still people is still hundreds of people who are who are handling these pots and there are little smudges. The glaze is remarkably unique. So we developed a glaze that is so complicated that every one of the Chinese mugs is also an individual unique mug because of the glaze not the shape. Does that make sense?

Steve: Yeah, yeah, absolutely. You know, I guess the model that you’re taking is a model that a whole bunch of I guess clothing makers and that sort of thing have taken also, right. They have their own original pieces that they sell for a lot and then they also have you know, mass-produced pieces that they sell at a much cheaper price. I guess the only thing to get over like it would be different is if you had like a team of apprentices who studied under you and we’re producing these pots that I feel like that would be a little bit more meaningful from a customer standpoint. But if what you’re doing is working then that is a way to scale your business.

Joel: Yeah, we were hiring in a month or two. We plan to hire our second full-time employee. My wife and I are the only two full-time employees now, but we could use some help and we’re considering whether it’s going to be an apprenticeship model or something more like, there’s this great book called The e-myth Revisited and Talk about oddly enough. They talk about McDonald’s in that book and it was a it was hard for me to read it first. But I’ve since read at a few different times and it’s like well, yeah, why is why is McDonald’s been around for 50 years and why can any high school kid figure that out.

So we might hire a prentices we might hire just some local workers and some friends high school kids. Yeah, we’re navigating that but I see what you’re saying in terms of the meaningful purchase. I believe I could probably make make I make about three to four thousand pots a year. I can probably push that up to five or six thousand with a little bit of help.

Steve: Yeah, definitely and your wife sounds really understanding as well. So she doesn’t she works full-time in your Pottery business?

Joel: Yeah. She has a graduate degree as a Montessori school teacher and she had she was just finishing that up when we started dating, but she originally studied art we both spent four years of our college education studying art. That’s what we’re passionate about. So when business started to take off and we finally passed that six-figure Mark and then almost doubled our goal and businesses continue to grow. I just I knew I needed to hire so we try to spend every day doing what we want to do making art. A lot of what we do is still the tedious handcraft that we’re plan to hire some help for but her craft is actually making paper by hands not Pottery by trade. So we’ve sold a lot of her paper products now to our fans.

Steve: Interesting. Wow, that’s cool. Joel like I get a lot of people who are artists and they come to me whether and asked me like how do they start an eCommerce store and do essentially what you’ve done. What would be your best advice to these folks?

Joel: Well the art always comes first.

Steve: Okay

Joel: You always have to make the art first and Aesthetics and why you’re making your art and the objects you’re making that’s always most important, but if you can’t figure out the financial and the economics of it then it’s like fuel for a rocket ship. OK. This isn’t just the this isn’t just the nihilistic pursuit of Rocket Fuel. Okay, but you’re not going to get off the launch pad without it. Like what we want to do is explore, you launch a rocket to go explore because you want to explore what’s out what’s in the far beyond that’s what business is. That’s what a venture is when you’re starting a business.

But Rocket Fuel is essential and money is rocket fuel. And most artists we you know, we all we all assumed that people want to in like they know like what we make but you need to make something people want you to start with a humble mindset that nobody cares, you saw when I was struggling to sell $25 mugs and they would just sit there is no nobody cares. You need to start with a humble mindset and it’s your responsibility to educate and attract people to your story of why what you’re making matters. And if people aren’t attracted to it, then maybe you need to make something else.

Steve: You know, it’s funny. Joel is when you before we actually spoke, I remember looking at your mugs and I was like, okay great. These are nice mugs. I hadn’t seen one. I only saw it on your website, but it was after we had our first Skype chat and just talking to you like your products instantly became like thousands of times more attractive and for you to you know, I what I was thinking you were going to say was put yourself out there and start creating videos. And like get built a following get people attracted to your personality. And then anything that you’ll make will eventually sell. Do you feel that way?

Joel: I feel like that’s a trap. I feel like social media and Trends push us to think that’s most important. But in reality the only type of success and Prestige and money that come are the type that are slow and built over long long periods of time. So I understand that Fame and putting yourself out there that is really important, but that just that was something that not only came natural to me. I actually have a big problem with ego. I tend to just put myself out way too much when I when and when I decided to you know what I’m just gonna let the art speak. I’m going to shut my mouth. I’m going to focus on the Arts.

I suppress my ego as much as I could. I still talk, I love to talk so I still end up talking about it, but the objects themselves became truly remarkable the physical act of making them turned into a Guinness World Record

LEIA  Empréstimos para estudantes privados e refinanciamento

Steve: Hmm, that is so Interesting

Joel: I think that yes. Isn’t too much. Yeah, too many of us start with I’m afraid to put myself out there when the real problem is. I’m afraid to make something people want.

Steve: Interesting, were there any times when you are tempted to kind of sell out and just because you needed the money and you knew you could make more money by doing things a certain way that you wouldn’t necessarily be your style. Does that make sense?

Joel: Yeah, but I it does but it doesn’t. And what you mean by sell out, like what can you define that you mean by sell out? It’s so it’s tough for me because I this is a question I’ve gotten often from people like you people who are

Steve: I’m not an artist. So yeah

Joel: no no, but your I consider you one of my mentors Steve you were you seen so much my early career and my Pottery Professor. He’s kind of my Mr. Miyagi told me to whack taught me to wax on wax off. I use his pottery wheel. He asked me that once too and I’m not sure if there’s a clear answer to it because when you’re a business person your job is to I mean, 95% of my art enters the world through sales on the Internet. It’s shipped directly to people’s doorsteps, So when we having a low month and I need to lower prices on a $500 Moon mug and sell it for 200 at you know, Black Friday price sales, I do it.

And I’ve always noticed that people are happy to get the discount they understand that sales happen in short periods of times and I’ve just tried to take that take the free-market jungle for what it is that the business is going to tell you what it needs customers are going to tell you what they need and you have to meet them when they where they are if they can’t afford a 200 dollar coffee mug, then sometimes you’re going to have to lower your prices. You can raise your prices and you have to lower your prices sometimes and try to be honest and respectful throughout the entire process.

Steve: I guess I wasn’t talking in terms of pricing. So let’s say your audience wanted a certain type of mug, but that’s not the type of mug that reflects your style. Would you go ahead and make that mug if you need the money, you understand what I’m saying like the customers dictate might not necessarily be your art style.

Joel: Yeah, I see what you’re saying. So everybody wants a mug with their name on it. That’s I get asked that every single video, you know thousands of times so fortunately, I think I’ve creative enough variety Mountain mugs, Moon mugs this Nuka glaze. I have a iron Brown and a cobalt blue and there’s three different styles of moon mugs and a Neptune mug and a spiral Cosmic mug and a lunar I could go on and on so because so I when I asked I answered that question to them with variety, there’s such a variety of a body of work a catalog that I make that I say no to I can say no to a hundred percent of the commission request that come in because I’ve created a more profitable catalog that people like more than some tacky mug with their name carved in the side that they want to pay $20 for.

Steve: Okay.

Joel: Does that make sense?

Steve: Yeah, it does. Sim. So you mentioned focusing on your art and making the art stand out as a reason to buy it. But even if your artist Superior, it’s not no one’s going to buy it unless they know it’s around right? So it seems like you also need to always put yourself out there in addition to, you know perfecting your art form, right?

Joel: Oh definitely.

Steve: So for someone just starting out. Would you say that building that audience first is what will make the whole art selling experience a lot easier or would you perfect the art and then build the audience?

Joel: Well, I guess I just like to share as much as I can about what I did and what I did was perfect the art first.

Steve: Okay.

Joel: So it was through high school that I made about a hundred pots and then through college I spent four years and I don’t want to say I didn’t sell anything. Because I sold about $5,000 worth of pottery during college at the bus stop. So I was learning how to make things people want and I was putting myself out there performing Pottery demonstrations. I’m so I was doing both but I think if you if you focus too much on creating contents and putting yourself out there. You end up just like everyone else as opposed to with where’s your magic?

What’s special about you and if it is the art if you can make art that’s truly remarkable that I did that to me that feels more powerful in my gut and I feel like if you’re just doing things for clicks for likes for metrics before you perfect something that’s worthy of those clicks and like some metrics then I just didn’t do that. Like I’m not Gary Vee, you know

Steve: Yeah of course.

Joel: I can only I can only talk so much before I have to let the art speak for me

Steve: Right. Okay, cool, Joel. We’ve been chatting for quite a while and I wanted everyone out there listening to get a chance to see your works. So where can people find you, where can they buy your pottery?

Joel: Yeah. Obrigado. So, my name is Joel Cherrico and cherricopottery.com. Cherrico is C H E R R I C O —- and if you Google that all kinds of stuff will show up. I make the moon mugs in the cosmic mugs that will probably show up in Google and on Facebook. The best way to watch is really on Facebook because I really like I let you into my studio and we just hang out while I throw Pottery. But yeah, we do we do everything we can to spread the word. We have the mailing list where we give away free Pottery every single month the cosmic mug, cosmicmugs.com is what our bestseller is. It’s what people seem to gravitate towards most. Just so we built a whole website just devoted to that.

Steve: What was the rationale for that?

Joel: You know, it’s funny all these people that I’ve connected with. I’m actually a client of Ryan Holiday and all that means is we had a phone call after I read so many of his books and wrote a blog post about how his work inspired me and we talked for an hour about how to make this profitable because I was really struggling it was post Kickstarter. So there was supposed to Guinness World Records we had evidence that there was something real but I was struggling with sales, online sales and he said why don’t you build Cosmicmugs.com and figure out what does it cost to sell a cosmic mug with a Facebook ad is it $5.00? Is it $10?

Like wouldn’t that just like accomplish all these things you want to do anyway, if you just built a real business instead of chased Fame and New York City and all these things like that stuff can come later. But why don’t you just build a real business in the meantime, so it was a It was hundreds of hours of work through our websites, hiring student workers to help Consulting with some of the best in the world and trial and error lots and lots of trial and error of how to properly serve people with a coffee mug shipping it to their doorstep that they can purchase from anywhere on the planet.

Steve: Why not create a dedicated landing page on Cherrico Pottery?

Joel: So I did a landing page before the kickstarter to collect email addresses, but Right now we’re more focused on sustainable monthly Revenue. So cosmic mugs are available every day. And there are some email signup tools.

Steve: Oh I see. Cool

Joel: We use Bigcommerce still so if people aren’t ready to buy $100 coffee mug, we say go sign up for e-mail newsletter list and you might get a chance you can we give them away every month. So we’ll announce a giveaway and then we can email market. So we send we can email Market to people every month we and if a certain style like a $50 mug is sold out we can just email them and let them know that the less expensive ones are available. So we use Sumo email signup tools and all three of our websites. They all kind of look like one website, but there are three different websites two Big Commerce websites, one WordPress website where two out of the three people can actually purchase through Bigcommerce. And then one is a Blog all of them have email signups. So I didn’t see the need for a landing page now that we have the email signups.

Steve: Oh, I meant instead of starting Cosmic Pottery or Cosmicmugs.com and just use CherricoPottery.

Joel: Yeah. Sim. It was a hassle to build a second and website, right? That was I’m still trying to understand that strategy myself, but The Branding has raised sales.

Steve: Okay. Yeah, I can imagine if you want higher rank for Cosmic mugs, which is your thing. That would probably be the best way to have like a focus marketing effort if that’s your best seller. Sim.

Joel: So I know you drove home early on the importance of backlinks the importance of showing up in Google and I still don’t completely understand that but what I do understand is that when you focus whether it’s on marketing or on products or on building traffic that focus is extremely powerful and the cosmic mug is about focusing all of this story into one coffee mug.

Steve: Cool.

Joel: And that’s worked.

Steve: Where can people find you on patreon. And what do you offer on patreon?

Joel: Yeah, everything whether it’s Instagram, patreon all that is CherricoPottery. Patreon, we give you the live video schedule so many People ask when they see me making pottery. They’re like, oh I want to learn to do that. So they asked you to teach classes. Do you let us visit all these things. So I created an educational brochure pack. It’s a bunch of different Flyers essentially, but I catered each one to something specific to the pottery process. So if they join it’s five dollars a month is our lowest tier on patreon and we mail it out right away. So we send it out with a piece of Siena’s paper art. Actually. It’s a lot easier to ship paper than Pottery. Direita?

Steve: That’s cool. Yeah

Joel: So, patreon, Chericco Pottery and then at nine dollars a month we give them a discounted deal on the cosmic mug and higher than that’s the moon mug and yeah it’s been growing every month it’s relatively new I think it’s a coming up on the two-year Mark

Steve: Cool awesome, awesome I just wanted to give the audience every possible way to follow you and support you.

Joel: Yeah I appreciate that man you’ve been a big help and I’m really happy that we could connect again it’s been a while.

Steve: It has been a while and I’m really happy that you’re doing so well and it just makes me really just makes me really happy, really.

Joel: Cheers man, well you’ll have to experience the new art so be sure to send me your address when this is done I’d like to mail a

Steve: No, I’ll buy one dude yeah I’ll buy one.

Joel: You can you promise me you’ll buy one but right now we’ll just pretend you want to give away so I like to mail you the first one

Steve: ha ha

Joel: You can give away to your fans or something or you could buy a second one at some point but I appreciate you, your believer early on and you know that’s what an artist needs when they’re starting out.

Steve: Cool, well I appreciate it Joel and thanks a lot for coming on the show.

Hope you enjoyed that episode. Now, for everyone out there who does not believe that artists can thrive in e-commerce. Joel is living proof that it’s possible. He charges over $500 a piece for his works of art. For more information about this episode. Go to mywifequitherjob.com/episode309.

And once again, I want to thank Klaviyo for sponsoring this episode, Klaviyo is my email marketing platform of choice for e-commerce Merchants. You can easily put together automated flows like an abandoned cart sequence, a post purchase flow or win back campaign. Basically, all these sequences that will make you money on autopilot. So head on over to mywifequitherjob.com/klaviyo and try it for free. Once again, that’s mywifequitherjob.com/klaviyo

I also want to thank PostScript.io which is my SMS marketing platform of choice for e-commerce with a few clicks of a button. You can easily segment and send targeted text messages to your client base. SMS is the next big own marketing platform and you can sign up for free over at PostScript.io/Steve. That’s Postscript.io/Steve.

Now I talked about how I use these tools in my blog and if you’re interested in starting your own e-commerce store head on over to mywifequitherjob.com and sign up for my free six day mini-course just type in your email and I’ll send you the course right away. Thanks for listening.

Outro: Thanks for listening to the My Wife Quit Her Job Podcast where we are giving the courage people need to start their own online business. For more information visit Steve’s blog at www.mywifequitherjob.com

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *